23 de outubro de 2010

A Força de Lula nas Eleições 2010


Foto: Ricardo Stuckert


A poucos meses de deixar o governo e com uma popularidade que  beira a unanimidade – como apontam as pesquisas – Lula regista hoje uma popularadade de 77%.

Entre o eleitorado,  42% dizem que votariam com certeza em um candidato apoiado por ele, e 23% afirmam que talvez votariam. Lula, sozinho, é capaz de influenciar quase dois terços do eleitorado brasileiro.

Devido à alta aceitação da gestão de Lula, muitos apoiadores e também oposicionistas andaram dizendo que Lula é algo maior que o PT. José Dirceu declarou que “Lula é duas vezes maior que o PT” durante um encontro com petroleiros na Bahia, causando grande repercussão nos vários veículos de comunicação.

 Lula termina seu governo com a agenda cheia, e como personagem central de sua própria sucessão. Mesmo os candidatos da oposição fazem questão de exaltar as realizações de seu legado.

 Um governo com tanta popularidade é um governo com forte possibilidade de fazer sucessão. No Brasil, a popularidade de Lula impulsiona não só a candidatura de Dilma Rousseff, que vem sendo tratado como assunto de prioridade máxima em sua agenda, mas também elegeu governadores, senadores e deputados.

Por: Francisco Stuckert e Renata Moreira

4 comentários:

  1. O apoio que a Dilma está recebendo do presidente é muito significativo realmente. Principalmente porque o carisma é o principal aliado do político... e convenhamos que nesse quisito ela deixa muito a desejar.

    ResponderExcluir
  2. É um tanto desonesto o que eles estão fazendo... usar a imagem do Lula para "coagir" o povo a votar na Dilma... porque dizer que o Brasil quer mais do que nunca uma mulher no poder é um tanto balela... jogo de marketing.

    ResponderExcluir
  3. Leonardo Rodrigues25 de outubro de 2010 22:39

    A pólítica realmente perdeu sua essência... agora existem apenas partidos políticos querendo chegar ao poder a qualquer custo.Agora me pergunto:onde é que foi parar a ideologia?? essas eleições chegam a um grau patético de mal caratice onde o que predomina é a hipocrisia.

    ResponderExcluir
  4. Porque será que os políticos subestimam tanto o bom senso do povo? E porque o povo se deixa enganar por esse nascionalismo deturpado que eles pregam em seus comícios? Essa de dizerem que o que importa é o bem estar social não passa de pura "marolinha" como diria o nosso presidente.

    ResponderExcluir